Atitude jovem

redacao 10 de setembro de 2013 0

Recentemente assistimos ao despertar dos jovens indo às ruas protestar (não só eles), numa demonstração clara de que não estão felizes com a realidade.

E eles sabem muito bem da própria força para mudar aquilo que não está certo ou não é justo.

A Jornada Mundial da Juventude sediada na cidade do Rio de Janeiro, reuniu, segundo estimativas, uma multidão de jovens que representou três vezes a ocupação do réveillon. Eles transformaram a praia de Copacabana num “tapete humano”, com o objetivo de ouvir as palavras de um Papa argentino, que surpreende a cada aparição com seus gestos sinalizando mudanças. Era uma legião buscando um caminho espiritual e uma nova força para impulsionar os seus passos.

Mesmo na era da comunicação on-line, mais do que tecnologia, os jovens parecem buscar mudanças, pois há um descontentamento material e espiritual. Eles demonstram sentir a necessidade da aproximação, dificultada pela falta de segurança nas ruas ou pela própria tecnologia, que aproxima virtualmente, mas distancia fisicamente.

É muito bom assistir a esta inquietação juvenil, que tem essa força transformadora.

Torcemos para esses jovens não serem iludidos por correntes e agrupamentos políticos, que historicamente agem com “roupas do novo”, com contornos de renovação, mas com propósitos sujos e viciados, como estamos cansados de ver na velha política, sempre preocupada com “o social”.

O interesse pela informação e cultura vai fazer toda a diferença neste momento tão rico.

Fiquem com Deus e até a próxima!

Paulo César Cardoso
paulopat@pacprommos.com.br

Deixe uma resposta »