Camila Queiroz: “eu nunca imaginei ser famosa!”

redacao 1 de junho de 2016 0

Foto: João Cotta/Globo

Camila Queiroz apareceu em “Verdades Secretas”, folhetim das 23 horas da Rede Globo, e virou assunto da noite para o dia. Dando vida à personagem Arlete/Angel, uma menina que vem com a mãe (Drica Moraes) do interior de São Paulo para a capital, se encontra no mundo da moda e cai nas graças da fama, mas também do “book rosa”. Então, começa a viver duplamente a carreira de modelo e o mundo dos programas sexuais, onde se envolve com Alex (Rodrigo Lombardi) e se vê em um triângulo amoroso, dividindo-se entre paixões, arrependimentos e poder.

Depois dessa explosão profissional, em que já rendeu à ex-modelo e atriz de rosto angelical três prêmios como Atriz Revelação 2015 (18º Prêmio Extra de Televisão, Prêmio Jovem Brasileiro e Prêmio Quem), ela também foi citada pela Revista Forbes na edição de fevereiro deste ano como um dos 30 jovens brasileiros que chegaram ao sucesso antes dos 30. E quem pensa que ela está satisfeita, engana-se: agora ela interpreta Mafalda, uma garota doce e inocente em “Êta Mundo Bom!”, novela da faixa das 18 horas escrita por Walcyr Carrasco. Tudo se passa em São Paulo na década de 20, onde com humor, tramoias e muita candura os personagens divertem o público mostrando a vida “no campo e na cidade” daquela época. E, claro, a atriz conta que se diverte muito com a sua personagem e durante as gravações.

Conversamos com a Camila, que nos deu uma entrevista exclusiva. Simpática, a atriz, que faz parte do casting particular da Ford TV, falou sobre a sua carreira e contou o que espera para 2016. Confira!

Em Dia – O que você está vivendo como Mafalda que está sendo diferente da Angel no seu trabalho de atriz?
Camila Queiroz – São dois momentos diferentes, com duas personagens diferentes, que me fazem buscar emoções e camadas diferentes para cada uma. Acho que existem inúmeros motivos por eu ter me apaixonado tanto pela profissão e esse é um deles. Poder buscar sensações que, às vezes, nem eu mesma conheço, e evoluir com cada uma delas.

ED – Fazer uma menina caipira, sendo realmente uma menina do interior, ajudou ou atrapalhou na construção da sua personagem?
CQ – Ajuda, com certeza, tenho inspirações dentro de casa e isso soma muito nesse trabalho.

ED – Você ganhou o Prêmio Extra de TV 2015, como Atriz Revelação, e no dia seguinte o Prêmio Jovem Brasileiro, também na mesma categoria. E as conquistas não pararam por aí. Como está sendo isso pra você?
CQ – A Angel foi um presente na minha vida, costumo dizer que tudo que tenho agora foi conquistado graças a ela. E em Verdades Secretas a gente tinha receio de rejeição, já que eram temas e cenas bem fortes. Foi uma surpresa boa essa aceitação toda!

Foto: Divulgação / Globo

ED – Você era modelo e agora está se consagrando como atriz. Era o seu sonho?
CQ – Eu nunca imaginei ser famosa! Eu era modelo, o meu sonho era ganhar dinheiro com a carreira, porém, não esperava esse sucesso todo.

ED – No ritmo de gravação e até mesmo no elenco, o que está sendo bom pra você em Êta Mundo Bom! que você considera uma evolução na sua carreira?
CQ – Acho que toda experiência é um aprendizado. Considero o set minha sala de aula, onde aprendo o tempo todo com o elenco. Sou muito observadora e uso isso ao meu favor.

ED – Na correria, como você faz para se manter em forma? Você acha que estar bem cuidada ajuda na carreira de atriz?
CQ – Eu tento fazer exercícios nas horas livres. Acho que sim, trabalhamos com a imagem o tempo todo e estar bem faz parte.

ED – Quais sonhos e projetos você tem para a sua carreira artística?
CQ – Eu sonho em poder experimentar todas as sensações que esse ofício me traz. Cinema, teatro, longas, curtas… Quero me dedicar para isso.

ED – Recentemente você disse que realizou um sonho, que foi conhecer o Rodrigo Santoro. Tem vontade de contracenar com ele? Com quem mais você gostaria de trabalhar e por quê?
CQ – Com certeza tenho, cresci assistindo-o e poder trabalhar com ele seria incrível, tenho certeza de que ele tem muito para me ensinar. É difícil dizer uma pessoa só com quem eu sonhe em trabalhar, mas eu acho que o sonho de todo ator que está chegando nessa profissão, assim como eu, é trabalhar com os grandes nomes da nossa área: Fernanda Montenegro, Tony Ramos, Antônio Fagundes, entre outros. Mas já me sinto realizada por ter cruzado com tantos em apenas dois trabalhos, como, por exemplo, a Marieta (Severo), (Marco) Nanini, Drica (Moraes)…

ED – Qual estilo de personagem você acredita que quando aparecer será um desafio pra você, que já teve a Angel e agora a Mafalda?
CQ – Acho que todo personagem é um desafio. É desafiador você ser alguém tão diferente de você e passar verdade nas palavras e nas emoções.

ED – Quais são seus planos para 2016, depois da Mafalda?
CQ – Pretendo descansar um pouco e depois começar a estudar.

ED – Mesmo com toda essa fama a gente percebe que você é uma menina simpática e simples. Como você se define?
CQ – Eu quero casar, ter filhos, ou seja, ter uma vida normal. Hoje estou focada na carreira, mas o Lucas (Cattani) me acompanha em tudo que ele pode, torce por mim e me dá apoio. Não pretendemos nos casar logo, mas na hora certa isso vai acontecer. E não quero perder a minha essência por conta de tudo isso que estou vivendo, porque ser atriz é uma evolução constante.

Deixe uma resposta »