Como você está cuidando do seu coração?

redacao 22 de março de 2018 0
Como você está cuidando do seu coração?

Foto: Divulgação

Segundo a Organização Mundial da Saúde, só no Brasil 360 mil pessoas morrem por ano de doenças cardiovasculares. Por isso, é necessário ficar atento aos hábitos do dia a dia.

Órgão responsável por impulsionar o sangue em nosso organismo, o coração funciona como uma bomba cheia de mecanismos que mantêm nosso corpo em funcionamento. Quando um desses mecanismos sofre alguma alteração, ocorre o que os especialistas cha­mam de “comprometimento cardíaco”.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 360 mil pessoas morrem por ano só no Brasil de doenças cardiovasculares. Para não fazer parte da estatística, é preciso manter hábitos de vida mais saudáveis.

Segundo o Dr. Américo Tângari Júnior, cardiologista da Beneficência Portuguesa de São Paulo, existem alguns sintomas que se manifestam em quase todos os problemas cardiovasculares. “A falta de ar, dor no tórax, fadiga, tontura, pontas dos dedos azuladas e inchaço nos tornozelos podem ser sinais de que o coração não vai bem. Há grupos de pessoas que precisam ficar mais atentos a esses sintomas, como os obesos, sedentários, diabéticos e hipertensos”, alerta.

O especialista explica ainda que a maioria das doenças não aparece de repente, elas se desenvolvem ao longo dos anos sem apresentar sintomas. “Existem pacientes que só descobrem o problema quando se submetem a exames rotineiros como o eletrocardiograma ou teste de esforço”, conta.

FORMAS DE PREVENÇÃO

Mais do que uma alimentação saudável, com baixas porções de açúcar, gordura e sal, é preciso manter a prática de exercícios físicos. “Qualquer atitude que faça o corpo gastar energia é válida, como subir escadas ao invés de usar elevador ou levantar do sofá para mudar de canal”, sugere o Dr. Américo. Confira a seguir 5 passos simples que ajudam a manter o coração funcionando a todo vapor:

1° passo: Durma bem.
Uma boa noite de sono ajuda a renovar as energias e diminui as chances de doenças cardiovasculares.
O re­co­mendado são de 7 a 8 horas por noite;

2° passo: Não fume.
As substâncias químicas do cigarro afetam diretamente o coração que, a longo prazo, podem acarretar problemas mais sérios, como o AVC, por exemplo;

3° passo: Controle o peso.
Com o peso ideal as chances de adquirir diabetes, colesterol e pressão alta – vilões do coração – são muito menores;

4° passo: Fuja do estresse.
Em meio à rotina agitada, tire um tempo para fazer o que der prazer e bem-estar, como ler um livro ou praticar algum trabalho manual, por exemplo;

5° passo: Alimente-se de forma saudável.
Varie o cardápio de forma que todos os nutrientes sejam inseridos na dieta. Também evite pular refeições.

Serviço
Hospital Beneficência Portuguesa
www.beneficencia.org.br

Netfarma
www.netfarma.com.br

Deixe uma resposta »