O universo das crianças com altas habilidades

redacao 20 de fevereiro de 2013 0

Foto: DivulgaçãoAtingindo uma porcentagem de 3 a 5% de qualquer comunidade, os superdotados são aqueles indivíduos com habilidades especiais, que têm características muito específicas, além da inteligência acima da média.

“E esse índice pode se elevar a 15% se forem levados em conta todos os tipos de habilidade (musical, corporal, artística etc.)”, orienta Ada Cristina G. Toscanini, presidente da APAHSD – Associação Paulista para Altas Habilidades / Superdotação.

Na verdade, os superdotados, por serem mais sagazes que a maioria das pessoas, precisam de uma atenção especial de pais e educadores para conseguirem um aprendizado de qualidade.

“Trata-se de uma criança normal que possui mais facilidade de aprendizado e por isso tem maior curiosidade”, prossegue a profissional, que esclarece ainda que educar tais indivíduos não é como na maioria dos casos, o que provoca muitas dúvidas e os erros que se cometem com essas crianças são muitos e alguns, irreparáveis.

“A criança superdotada questiona a autoridade, não obedece facilmente regras, não gosta de fazer tarefas repetitivas (de fixação), normalmente por estes problemas os professores acabam abaixando as notas, colocando eles para fora da sala de aula, ou ainda chamando aos pais falando que os filhos não têm limites, que são muito inquietos (hiperativos) e que se desconcentram e desconcentram os outros com muita facilidade. Criança Alto-Habilidosa deve fazer tarefas diferenciadas, desafiantes”, revela AdaCristina.

A profissional ainda dá outra dica: “Normalmente a criança Alto-Habilidosa é feliz e se sente bem quando estimulada dentro da área em que apresenta a Superdotação. Em São Paulo, a Associação Paulista para Altas Habilidades / Superdotação trabalha neste sentido através de projetos cujos temas são escolhidos pelos próprios AH’s (Alto Habilidosos)”.

UMA ESCOLA COM FOCO

AdaCristina esclarece, também, que não é qualquer escola que consegue estimular a criança para o estudo.

“Para este tipo de aluno, a escola regular é entediante, não conseguem se sociabilizar, não são entendidos nem atendidos, o que prejudica o desenvolvimento do processodeaprendizagem”, lastima.

“Quando se trata de crianças com Alta Habilidade Cognitiva é fundamental enriquecer os planejamentos de ensino e seus conteúdos. Já aquelas crianças com Alta Habilidade não Cognitiva devem ser orientadas a desenvolver suas habilidades onde correspondam: clubes, conservatórios ou instituições específicas”, conta Ada.

Foto: Divulgação

Se você identificou estas características com seu filho, procure ajuda profissional para receber uma orientação mais específica. Assim ele será muito mais feliz.

ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DA CRIANÇA SUPERDOTADA:

  1. Aprende fácil e rapidamente.
  2. É original, imaginativa, criativa, não convencional.
  3. Pensa de forma incomum para resolver problemas.
  4. É persistente, independente, autodirecionada (faz coisas sem que seja mandada).
  5. Persuasiva, é capaz de influenciar os outros.
  6. Mostra senso comum e pode não tolerar tolices.
  7. É esperta ao fazer coisas com materiais comuns.
  8. Tem muitas habilidades nas artes.
  9. Entende a importância da natureza.
  10. Tem vocabulário excepcional, é verbalmente fluente.
  11. É flexível e aberta.
  12. Versátil, tem múltiplos interesses, alguns deles acima da idade cronológica.
  13. Mostra sacadas e percepções incomuns.
  14. Apresenta excelente senso de humor.
  15. Resiste à rotina e à repetição.

CARACTERÍSTICAS COMPORTAMENTAIS, SEGUNDO DAVIS & RIMM, 1994:

  • Hábitos de estudo ruins
  • Pressão de conformidade: esconder talentos para ser aceito pelos pares
  • Dificuldades em aceitar críticas
  • Dificuldades nos relacionamentos sociais e isolamento dos pares
  • Não conformidade e resistência à autoridade
  • Frustração intelectual na vida diária
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Desenvolver uma filosofia de vida satisfatória.

[service title=”Serviço” size=”32″]

Associação Paulista para Altas Habilidades/Superdotação – www.apahsd.org.br

[/service]

Deixe uma resposta »