Inclusão na arquitetura

redacao 28 de novembro de 2013 0

Foto: Rildo Cundiev

Pensando em apresentar uma proposta diferenciada ao público no âmbito da arquitetura e da decoração, foi montada a Casa Cor Campinas Experience no Shopping Parque D. Pedro, iniciativa idealizada em parceria com a Casa Cor Campinas. O evento aconteceu entre os dias 25 de setembro e 3 de novembro e teve como objetivo ampliar o olhar da sociedade, apostando na mudança de concepção e comportamento dos visitantes a partir de novas perspectivas sobre as necessidades de moradia das pessoas com mobilidade reduzida.

A mostra apresentou uma residência de 95m² – tamanho escolhido pelos moldes que muitas construtoras têm utilizado – totalmente adaptada para a família composta por dois adultos e uma criança recém-nascida, sendo a esposa cadeirante. “Queremos mostrar que é possível propor algo novo. Retirar o estigma social que existe acerca das pessoas com deficiência, e mostrar que elas também podem ter uma residência adequada às suas necessidades e que esteja mobiliada e decorada dentro das tendências do setor”, explica o arquiteto Maxwell Geraldi, responsável pelo projeto, juntamente com o engenheiro Herbert Faustino. Amparados em suas experiências anteriores com acessibilidade e com o auxílio de uma equipe de consultores, os profissionais adaptaram a planta original do imóvel para garantir segurança e espaço adequado para a pessoa com deficiência motora realizar suas tarefas diárias com conforto e bem-estar. Assim, ao invés de três dormitórios, ficaram apenas dois, sendo que a área do terceiro foi utilizada para ampliar sala de jantar e estar. Os dois banheiros – suíte e social – foram transformados em apenas um, com o tamanho adequado para o uso da cadeira de rodas. Já a lavanderia não seria usada pela família, que preferiu optar por serviços terceirizados, e foi abolida para aumentar a área da cozinha. Tudo foi realizado para que os espaços de circulação permitissem o giro e transposição da cadeira de rodas.

Fotos: Rildo Cundiev

                     Fotos: Rildo Cundiev

Já na cozinha, os armários apresentaram puxadores embutidos ao alcance da moradora para facilitar o acesso às peças. Além disso, o espaço abaixo do fogão é vazado, permitindo que ela cozinhe sem ter um empecilho para sua cadeira. No banheiro, o boxe foi retirado para evitar acidentes e foram instaladas barras de apoio nesta área, na lateral e fundo do vaso sanitário.

A bancada do lavatório foi equipada com duas cubas, sendo o espelho em frente a uma delas inclinado em 10° para que a pessoa com mobilidade reduzida possa se ver melhor, se arrumar e se maquiar.

Foto: Rildo Cundiev

Decorada e estruturada para atender ao dia a dia dos três moradores, o local recebeu portas mais largas, com 95cm de passagem, um sofá que não tem braço em um dos lados, visando facilitar o acesso da cadeirante. A mesa de jantar redonda, com pés centrais, permite que a cadeira encaixe perfeitamente em volta da superfície, sem esbarrar em nada. Os armários foram equipados com portas de correr e receberam espaços internos diferenciados para ele e para ela. Todo o mobiliário contou com cantos arredon­dados para não machucar a esposa durante o trajeto pela casa. Janelas e cortinas foram automatizadas para serem abertas e fechadas por meio de controle remoto.

Durante a mostra, os visitantes ainda foram convidados a utilizar cadeiras de rodas para vivenciar a experiência de uma pessoa com necessidades espe­ciais. “Utilizar a cadeira de rodas não foi uma obrigatoriedade, mas um convite aos que tiveram interesse em entender melhor essa realidade e conferir a funcionalidade dos ambi­entes”, afirma a gerente de marketing do shopping, Joana Corsi.

[service title=”Serviço” size=”32″]

Parque D. Pedro Shopping
www.parquedpedro.com.br

Casa Cor Campinas
www.casacorcampinas.com.br

[/service]

Deixe uma resposta »