Onde fica o fundo do poço?

redacao 28 de outubro de 2014 0

Vivemos um momento delicado na história do nosso País. Perdemos competitividade nos mercados interno e externo.

A altíssima carga de impostos em todos os níveis da produção, a burocracia e a falta de investimento em infraestrutura vêm provocando um sucateamento das nossas indústrias.

Já a corrupção virou assunto corriqueiro nos noticiários e não parece afetar muito boa parte da população e, o pior, não causa nenhum constrangimento ao acusado nem aos seus superiores. A qualidade da saúde e da educação deu sinais de retrocesso nos últimos anos. E ainda a economia mundial parece anêmica, e a brasileira consegue crescer menos do que praticamente todos os países da América Latina.

Como se tudo isso fosse pouco, a insegurança é a sensação presente em todo o País e temos dúvida se quem manda mais é o Estado ou os grupos marginais. Não sou e nunca fui pessimista, mas preciso perguntar: “Será que estamos no fundo do poço ou falta mais?”

Assistindo aos últimos debates da campanha à presidência, principalmente no segundo turno, fico me perguntando: “Como um país com a importância do Brasil no cenário internacional e com tantos problemas a serem resolvidos assiste a agressões e insultos em rede nacional, no lugar de um debate para propor soluções?”

Quando vamos ver os eleitores mais informados, menos torcedores dos seus partidos e mais críticos?

Neste momento em que você lê este editorial, pode estar prestes a votar ou até já ter conhecido o novo presidente. Em qualquer um dos casos, espero que tenhamos escolhido bem e que, de fato, o fim do poço seja aqui. E agora é começar a crescer. Tomara Deus!

Fiquem com Deus e até a próxima!

 

Paulo César Cardoso
paulopat@pacprommos.com.br

———————————————————————————————————————————————–

Foto: Divulgação

AO LEITOR

Muito oportuno seu comentário, Paulo César Cardoso. É preciso consciência na hora do voto. Mas, acima de tudo, responsabilidade no momento da definição dos nossos candidatos. Afinal, serão nossos representantes (ou pelo menos deveriam ser!). “Só mudaremos nosso País quando deixarmos de ser analfabetos políticos”, como bem disse Bertold Brecht. Grande abraço a toda sua equipe e viva a democracia!

Eliel Almeida – por Facebook

 

Referente ao editorial: Perfeito, Paulo!!!

Pascoal Colloca Sobrinho – por Facebook

 

Concordo plenamente. Agora é a hora de protestar, de nos manifestar.

Cecilia Marins – por Facebook

———————————————————————————————————————————————–

EDUCAÇÃO

Muito interessante a matéria “Como escolher uma profissão”, veiculada na última edição da revista Em Dia. Um jovem de 16, 17 anos escolher o que irá realizar durante sua vida inteira é muito difícil e chega a ser até injusto. Por isso existem tantos métodos hoje em dia que auxiliam o caminho a seguir. Espero que eles realmente deem resultado e possam ajudar, pois o que mais vemos são os estudantes desistindo dos cursos logo no primeiro semestre, desperdiçando dinheiro e frustrando a pessoa por não se encaixar no contexto do curso.

Mariana M. Castro – por e-mail

———————————————————————————————————————————————–

VIAGEM

Folheando as páginas da revista Em Dia me deparo com uma matéria sobre o Rio Grande do Norte e suas belezas. Uma pena que para viajar dentro do nosso País seja tão caro e em consequência disso, hoje, o brasileiro muitas vezes prefere conhecer pontos turísticos de outros países do que a própria pátria e tudo que tem a oferecer. Realmente, uma pena que aqui cobra-se, em tudo, um preço exorbitante.

João Carlos P. Andreatto – por e-mail

 

Tive a oportunidade de no ano passado passar minhas férias em Natal, no Rio Grande do Norte. Um lugar incrível, com praias maravilhosas e ótimas pessoas. Senti até uma nostalgia lendo a matéria da revista Em Dia. Parabéns pelo trabalho!

Renata M. Fernandes – por e-mail

———————————————————————————————————————————————–

ENTREVISTA

Adorei a matéria da Em Dia com a Claudia Matarazzo. O que mais me chamou a atenção foi o modo que ela aborda o tema de etiqueta sem a formalidade que estamos acostumados a ler a respeito. Congratulo toda a equipe pela produção de mais uma bela edição da revista.

Rúbia Peixoto – por e-mail

———————————————————————————————————————————————–

Dê sua opinião, participe: redacao@revistaemdia.com.br

Deixe uma resposta »