Para reunir a família

redacao 13 de março de 2018 0

Foto: Rômulo Fialdini

ESTE PROJETO DA ARQUITETA DÉBORA AGUIAR E SUA EQUIPE, LOCALIZADO NO BAIRRO DO ITAIM BIBI, MISTUROU LUXO E CONFORTO EM UM ESPAÇO BASTANTE AMPLO, COM O OBJETIVO DE REALIZAR O DESEJO DOS MORADORES, UM CASAL COM FILHOS DE 24 E 26 ANOS, SENDO UM DELES JÁ CASADO, ONDE A PRIORIDADE FOI CRIAR UMA ATMOSFERA ACOLHEDORA O SUFICIENTE PARA REUNIÕES DA NUMEROSA FAMÍLIA.

14 1

 

 

O apartamento é imponente por sua metragem: são 524m², onde a interação entre as pessoas ganhou destaque na hora de integrar os ambientes. Os proprietários imaginavam uma residência que os fizesse esquecer que estavam localizados na cidade grande, onde a rotina é frequente e desgastante. Desta forma, a personalidade dos clientes e o estilo de vida deram a diretriz para que a concepção do projeto fosse definida, aliados à escolha de todos os materiais que iriam compor a decoração.

 

 

A divisão dos ambientes foi escolhida de forma convencional, proposta em área social, área íntima e serviços. “Busquei integrar ao máximo os ambientes sociais, com união de ambientes, pisos e forros. Abri as salas de jantar e TV para o living, ficando tudo claro, integrado, favorecendo o convívio e a proximidade das pessoas”, explica a profissional.

Foto: Rômulo Fialdini

Nas áreas sociais, o piso escolhido foi o Ceasarstone branco, já nas paredes optou-se por madeira carvalho descolorida. Nas áreas íntimas, piso em assoalho de madeira e as laterais do espaço foram usadas palhas de seda e papel de parede.

No terraço, para resolver a forte insolação que acontece no local, foram instaladas películas nos vidros e ainda uma tela solar. Na decoração do ambiente, além de quadros, estão alguns vasos decorativos e outros objetos de cristal, sendo que o grande número de plantas em todo o apartamento chama atenção.

Foto: Rômulo Fialdini

“Amo ter nos projetos um pedacinho da natureza, então sempre coloco vasos com plantas e vasos com flores, seguindo o perfil do cliente. As plantas dão vida aos ambientes, alegria e ao mesmo tempo significam um toque de amor, de capricho no lugar onde moramos. Temos patas-de-elefante, nandinas, arecas, hastes de dracena, orquídeas, ripsalis e dinheiro-em-penca”, finaliza a arquiteta.

Serviço:
Débora Aguiar Arquitetos
www.deboraaguiar.com.br

Deixe uma resposta »