São Paulo precisa ser mais bem cuidada

redacao 28 de novembro de 2013 0

Não entendo por que pouco se fala sobre os cuidados ou a falta deles em nossa Cidade.

Impressionante como não há interesse em abordar este assunto por todos que podem mudar o rumo das coisas.

A grande mídia, que poderia explorar e trazer o tema para o centro das discussões, prefere dar espaço a assuntos descartáveis que garantam audiência imediata.

Os políticos e a administração pública, que são os responsáveis diretos, tratam a Cidade como se tivessem raiva dela. Como é possível a maior capital e a que mais arrecada impostos em nosso país não conseguir manter jardins aparados e floridos, muros limpos, asfalto conservado, além de calçadas fiscalizadas e transitáveis? E o projeto “Cidade Limpa”, que no início foi tão aplaudido, o que virou?

A iniciativa privada, que promove as maiores mudanças na cena urbana, investe em tecnologia e inovações em suas áreas internas ou para o convívio das pessoas, como se o seu entorno não fizesse parte da vida dessas mesmas pessoas. Você já reparou quantas novas grandes lojas, centros comerciais, condomínios residenciais, escolas, clínicas e tantos outros empreendimentos são construídos e entregues com calçadas irregulares e inclinadas privilegiando os carros, sem uma única árvore ou um pequeno jardim?

O cidadão a cada dia pensa mais no individual, como se a sua vida fosse restrita apenas à sua casa ou escritório, mas se esquece de que vive nesta cidade, em suas ruas, nos seus parques e é esta cena urbana que os seus olhos veem todos os dias.

Seguindo este tema, nesta edição entrevistamos o artista Eduardo Kobra, que vive sua arte e ajuda a mudar e melhorar a cara da cidade de São Paulo, pintando murais como o belo painel da São Paulo Antiga, que pode ser visto na Avenida 23 de Maio e em tantos outros espaços. Vivemos em uma cidade única e somos os únicos responsáveis pelo presente e futuro dela!

Fiquem com Deus e até a próxima!

Paulo César Cardoso
paulopat@pacprommos.com.br

Deixe uma resposta »