Sopas & Vinhos – Os queridinhos do inverno

redacao 29 de março de 2018 0

Durante o inverno não há quem resista a uma bela sopa. E na companhia de um vinho então, tudo fica melhor. Desta forma, a revista Em Dia buscou a ajuda do sommelier André Ribeiro para explicar como deve ser feita esta combinação, que parece ser fácil, mas com certeza “é uma tarefa difícil, pois trata-se de uma harmonização de ‘líquido com líquido’, já que o prato não tem muita consistência”, explica Ribeiro. Como apresentamos quatro saborosas receitas nas páginas anteriores, o sommelier harmonizou cada sopa apresentada com um bom rótulo. Aprecie!

 

PAPPA AL POMODORO
Para a sopa italiana Pappa al Pomodoro, o ideal é um vinho com pouca acidez, médio corpo e frutado, de preferência do Velho Mundo. A dica vai para o Masseria Trajone Nero D’Avola, da região da Sicília.

 

 

 

 

 

 POTAGE PARMENTIER
Já o prato francês Potage Parmentier, por ser mais leve, pede um vinho com pouco tanino, baixa acidez e mais frutado. Desta forma, pode ser acompanhado com o Beaujolais – Villages Abel Pinchard.

 

 

SOPA GULASH
O Zentas Malbec acompanha bem a sopa Gulash, de origem húngara. Por ser um prato mais encorpado, devido ao uso de carne, permite o uso de vinhos jovens do Novo Mundo, como o Malbec sem passagem em barrica

 

 

 

 

 

SOPA DE MANDIOQUINHA
A sopa de Mandioquinha, por ser mais cremosa, combina muito bem com vinhos que possuem certo corpo, volume e untuosidade, como o Mairena Bonarda.

 

 

Deixe uma resposta »