Um resgate da história

redacao 1 de novembro de 2013 1

Foto: Divulgação

ALFA ROMEO 4C TRAZ DE VOLTA OS TEMPOS DOURADOS DOS PEQUENOS ESPORTIVOS E MOSTRA QUE TAMANHO NÃO É SINÔNIMO DE FORÇA.

POR LEANDRO PORTES

Quem não se lembra daqueles carros esportivos da década de 1960? Faziam parte do seleto grupo alguns veículos da Fiat, Renault e Alfa Romeo (para citar poucos), que tinham características peculiares, como baixo peso aliado à tração traseira. Com isso, era possível “vencer” carros mais potentes devido à excelente estabilidade, principalmente nas estradas sinuosas da Europa.

Com a ideia de resgatar a alma dourada daquele período, a Alfa Romeo lançou o 4C, um coupê de dois lugares e carroceria compacta que marcou a volta em alto estilo da montadora ao segmento.

O motor é um modelo 1750 turbo 4 cilindros em alumínio com injeção direta de combustível (gasolina), que desenvolve 240 cavalos de potência e 32,6 kgfm de torque. Ele foi projetado pelo Grupo Fiat com o objetivo de garantir um desempenho excepcional sem sacrificar a forma de conduzir em estrada ou na cidade. O propulsor conta, ainda, com duplo comando de válvulas (admissão e escape). A velocidade máxima é de 249 km/h.

Completa o conjunto uma transmissão automática de seis velocidades de dupla embreagem, com opção de troca no volante, ao bom estilo esportivo. O sistema apresenta quatro configurações de controle (Dinâmico, Natural, All Weather e Race). Esse último melhora a experiência de dirigir em uma pista, onde ao ativá-lo, o sistema antiderrapante e o controle de estabilidade são desligados, deixando o motorista com o total controle da situação. Emoção garantida!

A carroceria traz alguns detalhes em fibra de carbono (como o spoiler traseiro), que deixaram o peso total do carro em apenas 849 quilos. Para acentuar a sua vocação, há entradas de ar frontais, pinças de freio em uma cor específica, kit de suspensão com calibração, amortecedores traseiros antirrolagem, rodas dianteiras de 18 pole­ga­­das e traseiras de 19 polegadas.

O carro será produzido na fábrica da Maserati em Modena, Itália, em edição limitada de 2.500 unidades (destes, pelo menos mil carros serão destinados ao mercado norte-americano). Por enquanto, a Fiat não deu pistas sobre sua importação para o Brasil, mas é improvável que ela aconteça, pois a Alfa Romeo saiu do nosso mercado há vários anos.

[service title=”Serviço” size=”32″]

Alfa Romeo
www.alfaromeobr.com.br

[/service]

Um comentário »

  1. Wellington Silas Grecco 17 de fevereiro de 2014 em 15:45 - Reply

    Eu queria saber se eu posso usar suas imagens e artigos, dos veículos por favor me respondem o mais rápido possível . Porque eu tenho uma pagina no fecebook que se chama Turbocar. Me respondam o mais rápido possível.
    Obrigado 😀

Deixe uma resposta »