Vida dura e engraçada

redacao 20 de abril de 2013 0

A vida tem cobrado muito de todos nós, pelo menos é o que venho sentindo e observando. Nos negócios, a competitividade e a economia não dão trégua. Todo dia é preciso se reinventar, agregar novos serviços aos produtos, reduzir custos, melhorar a produtividade. É assim também na vida pessoal, o desafio não acaba nunca. O curioso é que depois de tanto esforço e o sentimento do dever cumprido, vem sempre um dizer que “antigamente era muito melhor” ou que “não se faz mais nada como antigamente”.

Se as coisas não estão fáceis no que depende de nós, imagine no que dependemos dos outros!

Na política, Paulo Maluf faz parte da base de sustentação do governo democrático do PT.

A secretaria que cuida dos direitos humanos é destaque na mídia, não pelo que ela faz pelos menos favorecidos, mas por ser presidida por um político acusado de ser racista e homofóbico.

Depois da eleição do humorista Tiririca, o político que prometia ser a grande piada, é justamente ele que demonstra consciência e responsabilidade, anunciando que não vai tentar a reeleição, pois nada é possível fazer.

No futebol, após ser dispensado e provocar o rebaixamento de um dos maiores times do futebol brasileiro, Luiz Felipe Scolari é o escolhido para dirigir a Seleção Brasileira. A escolha foi feita pelo novo presidente da CBF, que depois de ser pego escondendo uma medalha dos vencedores da Copa de Futebol Júnior foi indicado para moralizar a casa que era presidida pelo suspeito Ricardo Teixeira.

No mundo, o assunto é o risco de uma guerra nuclear, que pode ser iniciada pela Coreia do Norte, que tem um líder baixinho postado na frente de seus comandados olhando por um binóculo voltado para a América. O que ele estaria tramando com tanta tecnologia?

Depois de tanta expectativa, temos um novo Papa e apesar do nosso “favoritismo” não deu. O novo chefe da Igreja é argentino e, pelo que parece, está “jogando” bem.

De fato, a vida é dura, mas que ela está engraçada, não tenho nenhuma dúvida.

Fiquem com Deus e até a próxima!

Paulo César Cardoso
paulopat@pacprommos.com.br

Deixe uma resposta »